Quando devo procurar um detetive para resolver problemas de paternidade?

Quando devo procurar um detetive para resolver problemas de paternidade?

paternidade

No Brasil, nem sempre é fácil obter o reconhecimento de paternidade, por se tratar de um país de dimensões continentais, existem casos onde a distância torna esse reencontro quase impossível, e o tempo também pode tornar as informações ainda mais difíceis de se alcançar.

Por isso, quem procura por uma investigação de paternidade, antes de qualquer coisa, precisa vencer os próprios medos de vencer esses obstáculos e essa pode ser uma etapa bastante delicada. Mesmo assim, o desejo de resolver problemas de paternidade pode motivar pessoas e nesse caso, é necessário ir a fundo na própria história, para entender as suas origens.

Por isso, é comum que pessoas adultas que viveram suas vidas sem a figura paterna, ou mesmo, as que foram adotadas, ou de alguma forma sentem a necessidade de se reconectar com essa figura importante, procurem um detetive para descobrir de fato, a identidade de seus pais biológicos.

E veja bem, isso não significa a falta de consideração com as pessoas que cuidaram da sua criação e formação. Mas encontrar as próprias origens é, muitas vezes, uma maneira de entender a si mesmo e solucionar problemas relacionados com a necessidade de uma identidade mais profunda.

As técnicas do detetive na investigação de paternidade

Um bom detetive é uma pessoa invisível. Ele se posiciona no ponto cego dos retrovisores e está sempre de moto, para evitar se atrapalhar com os semáforos. Também é importante ressaltar que o detetive particular não pode realizar ações que possam ser lidas como invasão de privacidade.

Afinal de contas, esse tipo de comportamento pode despertar dúvidas de conduta criminosa e assim, levar as pessoas a procurarem os seus direitos. E é por isso que as leis que regem o setor determinam que o profissional engajado em uma investigação de paternidade, deve dedicar algum tempo da sua carreira, em realizar cursos de especialização com carga horária voltada para a área do direito.

Mas no caso da investigação de paternidade o trabalho do detetive é sempre mais delicado, já que envolve uma perseguição através do tempo, para encontrar alguém. O rastreamento de informações é a base de uma investigação desse tipo e pode ser feito inicialmente com base na análise de dados das instituições por onde o cliente contratante já passou.

Algumas dessas informações são fáceis de se obter, outras nem tanto, e é por isso que a experiência e o profissionalismo fazem toda a diferença. Afinal, quanto mais antigo o caso, mais difícil de rastrear.

Quem pode pedir a ajuda de um profissional de investigação

Qualquer pessoa que perceba a necessidade de obter ajuda para solucionar um problema de ordem investigativa, pode contratar um detetive particular, desde que essa investigação não tenha natureza criminal, ou seja, não interfira em situações que dependam da investigação policial. É importante escolher um profissional de confiança e em alguns casos, é necessário estabelecer um contrato que preveja algumas das particularidades do caso. Isso pode garantir a segurança do profissional e também do cliente, que pode estabelecer algum tipo de prazo, se desejar.

Compartilhar Post