Dicas de detetive particular para se proteger de golpes virtuais

Dicas de detetive particular para se proteger de golpes virtuais

Dicas de detetive particular para se proteger de golpes virtuais

Para garantir que isso não ocorra, é importante sempre seguir dicas de segurança para se proteger de cibercrimes. Confira algumas dicas de uma detetive particular para se proteger desses riscos.

Como se proteger de golpes virtuais de acordo com uma detetive particular?

Profissionais que trabalham com segurança de dispositivos e da internet indicam uma série de cuidados que devem ser tomados para evitar golpes virtuais.

Detetives particulares também estão familiarizados com esses cibercrimes e podem auxiliar nas instruções a respeito dos cuidados a serem tidos. Entre eles:

  • Manter um antivírus atualizado: existem diversos softwares de antivírus disponíveis no mercado, entre opções pagas e gratuitas, sendo importante manter o programa sempre atualizado para evitar a instalação de softwares malignos;
  • Mudar as senhas periodicamente: é essencial mudar as senhas usadas na internet com certa frequência, como de dois a três meses, incluindo senhas de lojas virtuais, banco online e, até mesmo, das redes sociais;
  • Crie senhas diferentes na internet: é indicado que cada rede social, loja virtual ou contas bancárias online tenham senhas diferentes para serem acessadas, evitando que a perda de uma das senhas implique em risco às demais contas;
  • Evite o uso de redes públicas para alguns acessos: quando for acessar contas bancárias ou de lojas com informações financeiras, evite o uso de redes públicas e de computadores públicos, garantindo mais segurança nas conexões;
  • Verifique a URL e a segurança do domínio: normalmente sites de compra, de bancos e que exijam o fornecimento de informações pessoais utilizam uma conexão mais segura indicada pelo “HTTPS” no início da URL. A indicação de segurança também pode estar acompanhada de um cadeado na lateral, que indica mais segurança para os dados informados na página.
  • Não publique informações sobre seu dia a dia: atualmente, muitas pessoas gostam de realizar publicações contanto sobre o dia a dia, entretanto, essas informações nas mãos erradas podem significar mais facilidade para coletar dados e tornar a rotina mais previsível.

Essas precauções diminuem as chances de ser vítima de um golpe virtual.

Entretanto, ao suspeitar de ações estranhas em lojas virtuais, contas bancárias e redes sociais, indica-se procurar um detetive particular que possa confirmar as suspeitas e, inclusive, conduzir uma investigação particular com o objetivo de identificar os responsáveis do cibercrime e minimizar os danos sofridos.

Compartilhar Post