Como funciona o serviço de contra-espionagem

Como funciona o serviço de contra-espionagem

Termo originado das primeiras políticas políticas e centros de espionagem internacionais, a contra-espionagem pode ser definida como uma técnica de investigação que tem o objetivo de averiguar se a empresa é vítima de espionagem por parte de outra empresa, empresário ou correlato.

Sabe-se que hoje a recorrência de fraudes, quebras de sigilo e vazamento de informações no ambiente empresarial são muito mais frequentes em função da grande concorrência suscitada pelo mundo dos negócios.

Neste contexto, empresas interessadas em retirar vantagens de forma desleal acabam por subornar funcionários em troca de informações privilegiadas de suas concorrentes, causando danos ao setor financeiro da empresa, que muitas vezes podem ser irreparáveis.

Como funciona a técnica de contra-espionagem?

Toda estratégia de contra-espionagem é sempre adotada com base nas condições de possibilidade e efetivação por parte do local a ser investigado, mas basicamente o detetive particular irá utilizar as mesmas ferramentas usadas por quem está espionando a empresa em questão, a fim de obter as evidências necessárias para solucionar o problema.

Dentre as ferramentas comumente utilizadas para esta finalidade, estão os escutas telefônicas, câmeras fotográficas, softwares espiões, microfones e microcâmeras instalados em locais estratégicos para captação e conversas e registros de imagens.

Uma vez que o instrumental adequado é escolhido pelo investigador responsável pela contra-espionagem, a próxima etapa será adotar estratégias de camuflagem, passando por funcionário da empresa vítima de espionagem e descobrir se existe algum tipo de circuito de intercâmbio de informações formado dentro da própria empresa, ou seja, se há focos de insegurança no espaço investigado.

Além de camuflar-se como funcionário, o detetive também poderá adotar estratégias menos expositivas para coletar informações, como se passar por um cliente, visitante, ou até mesmo um rival pra descobrir os eventuais desvios de conduta dentro da companhia e assegurar a resolução do caso.

Qual a importância desta técnica para a empresa?

Se considerar que grande parte das fraudes ocorridas em companhias de pequeno, médio e grande porte são provenientes da ausência de um esquema de segurança efetivo que possibilite aos empresários uma visualização mais panorâmica do funcionamento de seu negócio, pode-se afirmar que a adoção da técnica de contra-espionagem funciona como um antídoto para a saúde de qualquer estabelecimento que eventualmente venha ser vítima de sabotagem.

Quanto mais ágil for adotado o procedimento, maiores serão as chances da empresa restabelecer-se diante de um ataque desleal e ser exposta a eventuais prejuízos decorrentes da espionagem.

Compartilhar Post